“PALHEIRINHO” é um personagem criado por Celso de Andrade, homenageando o povo madeirense, MAX, e deriva da alcunha dos seus avós paternos (José do Palheiro e Mariazinha do Palheiro – assim conhecidos em Santo António, mais precisamente no Sítio da Ladeira – Jamboto).


Bem disposto por natureza, gosta de fazer as pessoas rir, e considera-se um entretainer amador…

Influenciado desde os seus 13 anos por RODOLFO CRÓ, e pelo seu pai NOÉ CRÓ, começou aprender a tocar bombo num grupo de instrumentos tradicionais e depois passou para o rajão, a braguinha, a viola de arame e a viola.

Em 2003 foi desafiado por Rodolfo Cró a tocar bandolim na orquestra de bandolins de Santo António, passando depois a tocar bandoleta, bandola, e acabando no bandolonçelo.

O bichinho começou quando o HUMORISTA, músico e CANTOR, NOE CRÓ o convida para entrar no grupo folclórico de Santo António.

Ao seguir os Passos de Noé Cró e ao ver as suas performances e imitações do GRANDE MESTRE MAX deste o inicio ficou fascinado, ao ver um homem humilde, tão terra a terra, ligado às tradições. Prometeu, então, um dia tentar ser como ele.

Ao longo dos anos Celso de Andrade teve a Honra de ter óptimos professores Tais como Humberto Pedras , José Camacho estes lhe ensinaram um pouco da cultura,costumes e tradições da ilha. Estes dois ilustres foram professores de instrumentos tradicionais, tal a sede de aprender e de saber mais sobre cada instrumento era tanta que ensinarm a ele a tocar, Braguinha ou cavaquinho , rachão, Viola de arame , viola , Baixo, precussão , cada um dos professores tinha formas e técnicas diferentes de executar o instrumento.

TOCAR ACORDEON nasce da promessa que fez o avô materno (GONÇALVES DE ANDRADE) promessa essa que consistia em que antes do avô morrer, veria o seu neto a tocar acordeon.

O certo é que 1 ano depois Celso começa a tocar acordeon em varias excursões de CÂMARA DE LOBOS seu mestre de Acordeon (MESTRE MÀRIO o Padrinho de afinidade)

Hoje em dia utiliza a musica madeirense, pimba, e a suas historias reais, que sucedem nas excursões de Câmara de Lobos, para entreter o público.

CONTACTOS

Email: celso@opalheirinho.com | Telefone: 962349573

SIGA-NOS NO FACEBOOK

ch0cf-2014_05_30_CrackedFacebookLogo_orange_

Back to Top